Esta casa foi-me oferecida, em tempos, pela minha namorada como prenda de Natal. Cresceu, sobreviveu e continua a resistir…
É apenas mais um blog que fala de coisas, coisas que, por vezes, estão ligadas ao dia-a-dia de duas mulheres que vivem juntas e acreditam que têm uma vida exactamente igual à da maioria dos casais, apenas com a diferença de lá por casa o tampo da sanita nunca ficar para cima :P


quinta-feira, 6 de março de 2008

A minha namorada recebeu uma declaração de amor e não, não é minha!

Enquadramento
Eu e a minha namorada trabalhamos no mesmo organismo (e edifício) há vários anos, se bem que em departamentos diferentes. Somos super descontraidas, todos sabem que namoramos e vivemos juntas... pensava eu... até percebermos que ela tinha um admirador. Hoje, ela recebeu por mail, mais uma vez, uma declaração de amor desse colega.

Declaração
"Olá mais uma vez… e desculpa-me a ousadia.
Espero não cair no ridículo com este e-mail. Confesso que sou tímido e um pouco inseguro; sinto que as minhas tentativas de me aproximar de ti já me fizeram cair de desejo por ti, transparecido nos e-mail’s que te mandei e que, também sinto, me fizeram cair no ridículo.
Sinto que não me ficas indiferente e, por isso, vivo num misto de incertezas: penso que quando me vês ficas sobre tensão que eu entendo como um recuo da tua parte, por saberes que eu não fico indiferente a ti.
Aqui estou eu com a minha inexperiência nestas coisas a que chamam amor (e nem te conheço). Não sei se é amor e até sinto que nisso tu és mais experiente.
Gostava de te conhecer; não tenho medo de sair magoado; sou um tipo boémio, gostava de ir passear contigo, longe da curiosidade do local de trabalho, sair deste local uma sexta-feira, ao fim da tarde, apanhar o comboio para o Rossio, jantar num tasco por ali e ficar a falar de sonhos, coisas que nos vão na mente.
Sei que é um sonho, mas pelo menos este já partilhei…"

Nota: A resposta dela foi curta e dura, espero que ele tenha aguentado.

Conclusão
Ele há gente muito distraída...
Ela ficou, mais uma vez, danada. Eu não paro de me meter com ela a dizer que estas coisas fazem bem ao ego!
É o que faz ter uma gaja gira...

5 comentários:

AD disse...

Esta era uma questão que já tinha arrumado em definitivo! Chego eu da minha animada hora de almoço e deparo-me com aquele mail...
Pensa que fico tensa qd o vejo? Claro, tenho que lhe dar os bons dias e ele está sempre com aquele ar...
É que há com cada um... Ó homem, eu gosto de gajas!
Continua a sonhar!
A namorada

Maria Papoila disse...

Só lido!
Chama-lhe distraído, se a miúda é gira o que é que estavas à espera?

Hipi disse...

Vai na volta ele até sabe que vocês têm uma relação e não é ciumento...ou então tem curiosidade em saber como é estar com uma mulher que tem outros gostos...ou ainda, quem sabe se ele não tem a fantasia de estar com as duas...quem sabe?!:)

Dantins disse...

Namorada
És uma sortuda, só eu é que não tenho um admirador...

Maria Papoila
Tens razão, ele apenas tem bom gosto. Como eu o compreendo...

Hipi
Não vou aprofundar as tuas conjecturas, senão fico com mau feitio como a namorada :-). Vou continuar a acreditar que ele é apenas distraído.

Ana disse...

Vocês as duas são o máximo!!Com o sem pretenentes meio ceguetas pelo meio...
Bj