Esta casa foi-me oferecida, em tempos, pela minha namorada como prenda de Natal. Cresceu, sobreviveu e continua a resistir…
É apenas mais um blog que fala de coisas, coisas que, por vezes, estão ligadas ao dia-a-dia de duas mulheres que vivem juntas e acreditam que têm uma vida exactamente igual à da maioria dos casais, apenas com a diferença de lá por casa o tampo da sanita nunca ficar para cima :P


sábado, 14 de janeiro de 2012

Em desespero...

Acabada de regressar da reunião de condomínio com a triste missão de ser administradora nos próximos dois anos.

A missão é dura num prédio onde ninguém se rala com nada. Descobri que passados 23 anos, desde que formaram o condomínio, a electricidade ainda está no nome do construtor e por isso nunca puderam tratar do pagamento por débito directo...

Haja paciência e coragem! :P

6 comentários:

pinguim disse...

Força...

Xu disse...

Muita mesmo muita paciência para a longa missão :P

Nikkita disse...

Ui...força nisso! ;)

AD disse...

Este prédio é um completo atrofio :S

Ninguém ouve nada, ninguém vê nada, ninguém faz nada e se alguém diz que alguma coisa está mal é olhado como estando a dizer uma barbaridade!

A Miúda dos Abraços disse...

Tenho a certeza que ficará tudo na ordem!! Força! =)

A.G. disse...

Que grande responsabilidade e dor de cabeça! Os prédios são um universo social muito complicado! ;) Mas com organização e senso, que de certeza é bom, tudo se faz :) Força!