Esta casa foi-me oferecida, em tempos, pela minha namorada como prenda de Natal. Cresceu, sobreviveu e continua a resistir…
É apenas mais um blog que fala de coisas, coisas que, por vezes, estão ligadas ao dia-a-dia de duas mulheres que vivem juntas e acreditam que têm uma vida exactamente igual à da maioria dos casais, apenas com a diferença de lá por casa o tampo da sanita nunca ficar para cima :P


quinta-feira, 5 de junho de 2008

Nem tudo vai mal...


Hoje, a AD enviou-me uma notícia que me deixou surpreendida positivamente.

O tribunal proibiu a RTP de transmitir no próximo domingo, às 17 horas, a 44.ª Corrida de Touros TV. Foi decidido que este tipo de “tortura” só poderá ser transmitido após as 22h30 e com o indicativo visual de programa violento.

É incrível que numa tarde de domingo a televisão estatal pretenda emitir este tipo de programas, em que impera o desrespeito pelos animais, quando séries de boa qualidade, como O conta-me como foi, são transmitidas a horas tardias, por exemplo, para as crianças que têm aulas no dia seguinte.

Esta questão já me levou a enviar críticas para o Provedor da RTP, tendo obtido como resposta uma coisa do género “gostos não se discutem”.

Afinal, alguma medida foi tomada, se bem que não pela RTP!

9 comentários:

Gayja disse...

Aleluia! Boas notícias! :)
A mim sempre chocou o facto do canal público de televisão transmitir touradas (seja a que horas for).
Já agora, alargo a crítica para as transmissões nesse mesmo canal de missas e peregrinações a Fátima e esse tipo de coisas.
Para mim: inadmissível! Um canal público de televisão tem outras obrigações e não é, definitivamente, uma questão de "gostos"...

*bj*

RV disse...

Estou me a lembrar q o ano passado exactamente no dia do Animal, a RTP, passou uma tourada!

ainda bem q as mentalidades pelos vistos estão a mudar,

bjs

Poppie disse...

Ainda bem mesmo que alguém os obrigou a tal... Quanto ao provedor da RTP dá-me vontade de rir a forma como defende com unhas e dentes as decisões de programação daquele canal... por mais disparatadas e incoerentes que sejam…

Pugo disse...

Ainda bem que ainda vai havendo pessoas com bom-senso em Portugal... Espero que não se fiquem por aqui...

Dantins disse...

Vamos acreditar que a RTP não vai mesmo transmitir a tourada, isto porque percebi que se difundirem o programa a coima é de 15.000€ e o que é isso quando o dinheiro sai do nosso bolso.

antónio fogaça disse...

adoro animais, mas não sou fundamentalista. e, infelizmente, as ditas associações de defesa dos direitos dos animais são-no muito ingenuamente. quero acreditar que é coisa de juventude irrequieta! as touradas são um produto que faz parte da nossa cultura e das nossas tradições. já estou ouvir um coro de vozes em fundo: e tudo é ermitido em nome das tradições?!!! palhaço! não, não é. aliás, devo confessar que tenho uma relação algo contraditória em relação às touradas, que mudou, precisamente, no dia em que assisti a uma ao vivo (e nem foi no campo pequeno). sempre me recusei a pagar um bilhete para ir a uma, mas naquele dia, o arrepio na barriga em cada pega de caras e em cada estocada bailarina fizeram-me começar a equacionar a minha consciência...

qto à rtp, é uma estação de serviço público e, como tal, tem que agradar a todos. porque é que toda gente se manda ao ar com a procissão de velas em fátima (declaração de interesses: n sou católico), por exemplo, e ninguém se queixa das horas e horas intermináveis de directos e reportagens só para encher chouriços, com a história da selecção?!!!!!!!! tudo tem que ter um meio termo. mas que mal tem transmitir a tourada às 5 da tarde? as criancinhas vão ficar traumatizadas para o resto da vida? à hora do jantar vão fazer birra, porque não querem comer o bife?

Dantins disse...

antónio fogaça
Pois eu discordo completamente!
Antigamente também era tradição queimar os não-cristãos na fogueira e hoje em dia isso já nos cheira a esturro!
A ideia é evoluirmos no sentido do respeito, por pessoas, animais, natureza... e não me parece que tirar prazer do sofrimento de um animal seja algo que faça sentido.
A mim, que já não sou uma criança, há uns bons anos, choca-me ver imagens de uma tourada, sou mesmo capaz de perder o sono. Por isso indigna-me que uma criança mude de canal e depare com este tipo de imagens.
Para mim, volto a repetir, não faz sentido que a televisão pública transmita este tipo de programas, seja a que horas seja!
Gostos não se discutem, é verdade! Mas felizmente este é um mau gosto de uma minoria.

AD disse...

António Fogaça, é um facto que as touradas fazem parte da tradição de certas regiões de Portugal, porém, tal não justifica que em pleno séc. XXI se tratem os touros como meros objectos ao serviço da satisfação de alguns seres (que de humanos pouco têm).

Quanto à RTP, sim é uma estação de serviço público e como tal tem que abranger todos os estratos da sociedade. Agora, é difícil não concordarmos que alguns estratos da nossa sociedade são discriminados e certos programas são relegados constantemente para horários "menos nobres". A RTP não tem problemas em transmitir às 17h de um domingo uma tourada (que para mim é um expoente de desrespeito para com os animais), mas quando se trata de transmitir uma série como "The L Word" já a relega para um horário da 1h da manhã e com indicação de que pode ferir a susceptibilidade dos telespectadores!

Já agora, tb concordo contigo em que é um exagero a RTP, e restantes estações televisivas, dispenderem tanto tempo de emissão com o acompanhar da partida e chegada da Selecção (e eu sou uma adepta de futebol e da Selecção).

antónio fogaça disse...

volto a dizer q n sou um aficionado. apenas me chateia um bocado esta espécie de fundamentalismo bacoco q grassa por estas supostas "associações"! cheira-me um bocadinho a hipocrisia...
pelo q conheço do mundo das touradas (q n é mto) o sentimento q existe entre o toureiro e o touro é de respeito. a tourada é uma evolução do acto primórdio de caçar para comer. a questão da transformação da caça enquanto "espectáculo" pode ser discutível sim, mas só por aí. choca-me mais saber que o bicho ainda vai estar umas horas a sangrar antes de ir para o matadouro, depois de sair da arena, do q o facto de ser toureado. agora coloco outra questão: se banissem as farpas, já seriam a favor das touradas?

o ser humano é um bicho complicado, q tem evoluido ao longo dos tempos de uma forma estranha, é verdade, mas fico mais deprimido por saber que existem espécies selvagens q estão a desaparecer só porque sim.

voltando à rtp (e à televisão em geral), acho q há coisas mais graves q se poderiam destacar, embora ache q tem vindo a melhorar, principalmente a 2. o horário da L Word é um atentado, é verdade, mas já é um passo de gigante a série ser transmitida! vocês sabem bem q essa é uma questão q ainda n está bem resolvida na sociedade tuga. passam essa à 1 da manhã e dps transmitem a Erva ou o Californication a horas mais decentes. agora, a bolinha e o aviso prévio tem q existir. outra: o Preço certo é um atentado à inteligência humana (mas n à vista!) e passa à hora q passa! o cartaz das artes da tvi dá lá para as 3 ou 4 da manhã! felizmente vivemos num país onde se podem fazer festas como a Lesboa, mas alguma vez ouviram falar disso num telejornal? e podiamos estar aqui o resto da tarde...