Esta casa foi-me oferecida, em tempos, pela minha namorada como prenda de Natal. Cresceu, sobreviveu e continua a resistir…
É apenas mais um blog que fala de coisas, coisas que, por vezes, estão ligadas ao dia-a-dia de duas mulheres que vivem juntas e acreditam que têm uma vida exactamente igual à da maioria dos casais, apenas com a diferença de lá por casa o tampo da sanita nunca ficar para cima :P


sábado, 27 de setembro de 2008

Saudades...

O nada para mim é imenso e o até já demasiado longo.

6 comentários:

Smile disse...

Dantis,
Esse fado da Mariza é simplesmente maravilhoso… arrepiante!
A saudade é a maior prova que o passado valeu a pena
Bjs e um bom fim-de-semana

kris disse...

lindo ......

beijo

Adoa disse...

Tenho um convite para ti em http://damiel-an-angels-diary.blogspot.com/

Fernanda disse...

E que bem que a Mariza, cantou este fado,...quando veio à minha terra,...ela estava tão perto de mim e eu demasiado perto da saudade.
Há vezes, também chove dentro de nós...

Uma boa semana

maripoza disse...

bonito.. muito bonito.. saudade.. enfim.. vive em mim desde que acordo até que me deito e e nas noites atribuladas de insónias e desassossego...

Beijinho esvoaçante

fiel.jardineira disse...

Lindo! Bjs