Esta casa foi-me oferecida, em tempos, pela minha namorada como prenda de Natal. Cresceu, sobreviveu e continua a resistir…
É apenas mais um blog que fala de coisas, coisas que, por vezes, estão ligadas ao dia-a-dia de duas mulheres que vivem juntas e acreditam que têm uma vida exactamente igual à da maioria dos casais, apenas com a diferença de lá por casa o tampo da sanita nunca ficar para cima :P


quinta-feira, 9 de outubro de 2008

18 anos, 7 meses e 20 dias


18 anos, 7 meses e 20 dias de namoro e estou aqui à espera, não de um pedido de casamento, mas sim da autorização de quem não me conhece para que o possa fazer.

Não é ridículo?

35 comentários:

AD disse...

eheheheh!!!
Estas duas bonecas fazem-me lembrar alguém...

Pois é, amor, é verdadeiramente ridículo que duas pessoas que se amam não possam adquirir os seus plenos direitos enquanto casal.

Beijos apaixonados.

Poppie disse...

Espera ridícula, sim… mas essa longevidade é bonita! :)

kris disse...

É sim...ridículo..mas tenho esperança que isso mude...pretendo casar..seja aqui, seja onde for...
Se este país continuar com esta mentalidade retrógada, so tem a perder..o problema é que nos arrasta..

de qualquer maneira parabéns pelos 18 anos :)

beijo

rv disse...

absolutamente de acordo, só nos resta ter a p%#$"&ta da paciência

estrelaminha disse...

bom dia!
por muito que me esforce continuo sem perceber...
parabéns pelo vosso amor.
beijos

Gayja disse...

É tão ridículo que por vezes fico sem saber se hei-de rir ou chorar...

Acid Pig disse...

É tão estúpido que não consigo perceber porque não deixam as pessoas serem felizes...
Cada dia que passa me custa mais a engolir certas atitudes e comportamentos.

Parabéns :)

Caramela disse...

É uma espera ridicula... Mas enquanto esperam pela autorização para poderem casar, não necessitam de autorização para o pedido.
Acima de tudo: Parabéns!

recuperacao disse...

Deixo um beijo de parabéns para as duas e a esperança de que o país mude antes de completarem mais 18 anos, 7 meses e 20 dias :P
Apesar de tudo penso que mais um anito ou dois e a coisa vai ;)

Muitas felicidades para as duas :)

Lilás disse...

É lamentavelmente ridiculo!

Mas o que nao é nada ridiculo é o vosso amor...
Mais de 18 anos...
really? 0.0

I envy you...n.n

maripoza disse...

Absolutamente ridículo sem dúvida...

Mas estão de parabéns :)) 18 anos e meio... mete respeito :))

Beijo esvoaçante

Hipi disse...

É de facto muito tempo...de espera, mas sobretudo de felicidade, com ou sem casamento, e isso é o mais importante! Mas acredito que esteja para breve, já faltou mais...bjs para as duas

Catarina disse...

É tristemente ridiculo :(

Já agora parabéns por esses 18 anos, 7 meses e 20 dias ;)

tulipa disse...

Parabens..é ridiculo sim...as pessoas deveriam ser livres para oficilizar as relaçoes e tomara muitos heteros chegar aos 18 anos, 7 meses e 20 dias....
Parabéns mesmo!
Numa socieddae como a nossa presumo que não terá sido um namoro muito facilitado....

um abraço
tulipa

Smile disse...

É ridículo sim… é ridículo que 53% da população que é contra o casamento (segundo sondagens) diga com quem ou não se deve casar!!
Com tantas sondagens… a mim nunca me perguntaram nada!!!
Parabéns por esses 18 anos, 7 meses e 20 dias bem coloridos :-)
Bjs

GRAFIS disse...

Temos de oferecer agendas maiores, com mais espaço, mais arejadas e com 365 noções de democracia e universalidade incorporadas aos deputados do PS.
Já aos do PSD e do CDS, além da agenda (que não faz mal a ninguem um pouco de cultura geral) talvez um tamagochi, que além de os sujeitar aos afazeres normais de tamagochi, apite (ou desconte 500€ da conta bancária) de cada vez que eles “violarem” as tradicionais normas socioculturais e os valores católicos apostólicos romanos.

AD disse...

Hoje vai ser o dia da hipocrisia suprema!

O dia em que, aqueles que foram eleitos para representar todos os cidadãos e zelar para que os direitos desses mesmos cidadãos sejam salvaguardados, vão votar para que a descriminação continue a imperar em Portugal.

É esta a classe política que nós temos!

tagarelante disse...

18 anos... 18 anos.... 18 anos!!!

sim, já sabia. sim, fiquei outra vez "chocada".

18 anos!... 18 anos é quase a minha vida inteira! é pelo menos a parte mais consciente da minha vida!... nos outros 7 anos não havia propriamente consciencia né?

epah... se n fosse tão ridiculo eu até arriscava q vcs ainda fazem as bodas de prata antes de se casarem! mas tomara q não, claro.

18 anos...

lost disse...

Deixando para trás o outro assunto, que nem 'merece' mais comentários, face ao que se vai passar hoje na assembleia... Quero-vos dar os parabéns pela durabilidade da vossa relação! Uma data muito bonita, que revela investimento sentimental, e construção de uma solidez imprescindivel! Quero, um dia, poder celebrar esses anos, meses e dias todos!!!

jinhos para as duas

sal disse...

Felizmente que a felicidade não passa por ai, isso seria só um complemento de uniformidade...
Claro que no dia a dia e na vida em sociedade, pode tornar muita coisa muito mais complicada, mas... também fortalece as coisas, diz que quanto mais algo nos custa a adquirir mais valor lhe damos! E.. tentemos ver as coisas por ai..

Felicidades e... muitos mais aninhos de namoro, aqueles que o vosso coração desejar!...

antónio fogaça disse...

aqui há uns dias, escrevi aqui q o facto de este assunto estar a gerar discussão dentro do ps poderia ser um sinal positivo. hoje é o dia em q percebemos quem ganhou: a hipocrisia, a falta de carácter e a falta de respeito p com TODOS os portugueses, votantes ou n no ps. n q me surpreenda por aí além, pq este ps é o ps do engº sócrates e de mais ninguém. é um partido recheado de carreiristas políticos, q fazem do seguimento do chefe um forma de vida. este n é O ps q sempre conheci. é um ps q n tem respeito por ninguém, além das empresas de sondagens e das agências de comunicação q fazem a propaganda.

vem hoje nos jornais q este ps considera mesmo abandonar esta questão p as próximas legislativas. se assim for, é triste. e ainda mais triste será considerar sequer colocar a questão a referendo (se é isso q significa o propalado "debate alargado na sociedade). este assunto n é referendável.

Anónimo disse...

Olá
Através de um outro blog vim parar aqui e gostei imenso.
Vou ser presença assídua.

S.

Silver disse...

Bjinhes grandes e parabéns pela vossa relação. É obra :)

Silver disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
orquídea disse...

ridículo é também alavancar hipóteses de referendo, como parecem ser favoráveis mais de 50% dos nossos concidadãos. Isto o povo gosta é de se autoproclamar defensor da moral e dos "bons" costumes. Sempre é menos arriscado do que se olhar ao espelho!

fiel.jardineira disse...

Tens toda a razão! :/ Bjs e parabens :)

Poppie disse...

orquídea... concordo ctg. quando ouço a palavra referendo na mesma frase que casamento civil até estremeço.

Verónica disse...

É ridículo sim! Mas acima de tudo vivam o vosso amor!

Dantins disse...

Obrigada a tod@s pelos comentários :)
O que eu pretendia salientar é o facto de que uma relação que dura estes anos todos não tem qualquer validade em termos legais.
Quanto ao amor, isso eu não tenho qualquer dúvida, somos felizes, muito felizes e vamos continuar a sê-lo, por mais que nos neguem o acesso ao casamento civil.
A melhor "bofetada" que posso oferecer àqueles que não concordam ou não aprovam o casamento entre homossexuais é acenar-lhes com a nossa felicidade.
Bjos para tod@s e obrigada pela vossa simpatia.

Anónimo S
Obrigada, serás sempre bem vind@ :)

A Lés de mim disse...

Quem espera desespera... Mas não perdem pela demora... Hipócritas! Quem são eles ara decidr que podemos, ou não fazer, se o nosso amor e as nossas relações são dignas de beneficiar das vantagens legais e burucraticas associadas ao casamento... Bando de ***** da ***(*)

Parabéns pela data atrasada, ou seja pelos 18 anos,7 meses e 26 dias :D

pat disse...

Oi!Vim aqui parar porque ouvi falar de uma produção fotografica que a sonia tavares dos the gift fez para a revista com'out (confesso que nem conhecia a dita cuja) e fiquei curiosa.Aproveitei para dar uma uma espreitadela no teu blog e dei com este post.Parece-me surreal como é que existem pessoas que não conseguem compreender que duas pessoas que se amam ha 18 anos se queiram casar.Explico já, antecipadamente, que sou heterosexual, mas sou daqueles espécimes hetero que ainda apanharam um cerebro quando deus (ou seja o que for) os andou a distribuir e, como tal, tenho ficado chocada com algumas declarações que tenho lido/ouvido.Esperemos que não tardem a chegar certas mudanças de mentalidade que são tão urgentes.Esperemos que num futuro proximo as pessoas deixem de tentar controlar/limitar/julgar as vidas de pessoas que não conhecem de lado nenhum porque é ridiculo.18 anos é muito mais do que alguns casais hetero aguentam casados.Felicidades.

Pugo disse...

2010!!!!!

Casas tu...

....

e caso eu!!!!

:D :D :D

Dantins disse...

a lés de mim
Obrigada pelos parabéns e vamos acreditar que tarda, demora, mas vai ser possível.

pat
Obrigada pela visita.
Esta questão do casameno civil entre pessoas do mesmo sexo, não é uma questão dos homossexuais, é uma questão de uma sociedade que se quer justa.
Felizmente tu és daqueles que não olham para esta questão com indiferença, apenas porque acham que não lhes diz respeito.
Volta sempre :)

pugo
2010 vai ser o ano dos festejos :)
Já estou a imaginar se aprovam a lei a quantidade de casamentos que vamos ter :D

pat disse...

Dantins:
concordo plenamente quando dizes que é uma questão da sociedade.Sou bastante sensivel a injustiças, sejam elas quais forem e com quem forem, penso que é um dever de todos nós, enquanto elementos responsaveis numa sociedade, pensarmos para além do nosso umbigo, darmos conta das injustiças e pelo menos abrirmos a boca para falarmos contra elas, mesmo quando nos tocam a nós pessoalmente. Felizmente há mais pessoas a pensar assim- http://amacadeeva.blogspot.com/2008/10/casa-comigo.html.

Cumprimentos

Dantins disse...

pat
Partilho inteiramente da tua opinião,a mim incomoda-me qualquer tipo de injustiças.
Eu sei que felizmente há mais pessoas a pensar assim, obrigada pela dica, fui espreitar e gostei.
Um abraço