Esta casa foi-me oferecida, em tempos, pela minha namorada como prenda de Natal. Cresceu, sobreviveu e continua a resistir…
É apenas mais um blog que fala de coisas, coisas que, por vezes, estão ligadas ao dia-a-dia de duas mulheres que vivem juntas e acreditam que têm uma vida exactamente igual à da maioria dos casais, apenas com a diferença de lá por casa o tampo da sanita nunca ficar para cima :P


quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Santa Ignorância!



E em caso de morte ou abandono de um dos progenitores, retiramos a criança à família e colocamo-la numa instituição???


Sinceramente...

17 comentários:

inesf disse...

Ridículo, simplesmente ridículo.

pinguim disse...

Já nem sei o que argumentar...

POC disse...

Sim, é preferivel crescer numa instituição qualquer, ao abandono, sem carinho, do que ter duas pessoas NORMAIS com tudo o que uma criança e qualquer pessoa necessita para ser e crescer feliz... Tristeza...

nightcrawler disse...

Esse não é aquele senhor que quase andou à estalada com a Manuela Moura Guedes em directo, e a quem de vez em quando escorrega o pé para o chinelo da parolice?
Deixem-nos falar, não sabem o que dizem...

Papoila e Orquídea disse...

O homem tem filhos?

De onde virá tanta falta de sensibilidade?!

Não deixo de me surpreender com estas coisas...

Caramela disse...

Que pérola... Da santa ignorância!! Ficava tão bem se tivesse ficado caladinho... Enfim!

B' disse...

Mas ele tem razão, temos de pensar no que é importante para uma criança.
Uma criança deve ser educada por uma familia normal, com um pai que lhe bate porque o Benfica perde e uma mãe que a ajuda a ser complexada com o seu corpo.
Só neste ambiente é que podem ser educados os adultos de amanhã.


De certeza que este senhor foi criado neste tipo de familia normal.

Kate disse...

Os filhos de pais divorciados, aquele tipo de sujeitos não conseguem manter um casamento também deviam ir para instituições, em vez de ser concedida a sua custódia a um dos pais, seguindo esta ordem de ideias.

Nina disse...

Nem me digas isso que à conta disto ontem fiquei com as tripas às voltas. Felizmente uma boa ida
ao WC dedicada a estas entidades superiores resolve a situação. They will not break us.

Pano pRa Mangas disse...

Sim, uma pessoa ouve com cada estupidez. É que nem tem lógica a maior parte das coisas que dizem! E não se tocam.

Anónimo disse...

Hoje, este Sr. desiludiu-me.

Até tinha alguma simpatia por ele mas hoje foi tudo "pela água abaixo".

a ana do 2º esquerdo disse...

irra. nao há pachorra. mas que gente mal formada que anda a dar entrevistas.

Aos 40 anos comecei a ser feliz disse...

Não concordo, mas percebo o que ele quer dizer, ou seja, tomar conta de uma criança sozinha é duro, a correria do dia-a-dia retira a qualidade na educação da criança e a disponibilidade de viver em pleno com ela. A dois ou a duas tudo é mais fácil para tod@as. Por mim vou arranjar outra Mãe :)

Aos 40 anos comecei a ser feliz disse...

Esclarecimento: Não uma Mãe para mim...que uma chega-me :D queria dizer: Vou arranjar mais uma Mãe para a minha criança!!!

Ana disse...

n sei quem é esse tipo mas devia morrer na fogueira, no minimo...

BalDocas disse...

Eu detesto esse homem!
Só não consigo compreender como é que ele chegou a Bastonário da Ordem dos Advogados!
Ele tem um problema "técnico" qualquer, em que opina sobre tudo, do que sabe e do que não sabe, e quando fala mais valia morder a lingua e dizer um palavrão, acho que ninguém ia ficar mais chocado do que quando ele opina e só diz asneiras!

Beijo

AlmaAzul disse...

Eu gostava de levar esse senhor um dia comigo para o trabalho... Estou 100% convicta que ele ira mudar de opinião.