Esta casa foi-me oferecida, em tempos, pela minha namorada como prenda de Natal. Cresceu, sobreviveu e continua a resistir…
É apenas mais um blog que fala de coisas, coisas que, por vezes, estão ligadas ao dia-a-dia de duas mulheres que vivem juntas e acreditam que têm uma vida exactamente igual à da maioria dos casais, apenas com a diferença de lá por casa o tampo da sanita nunca ficar para cima :P


quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Gaydar

A semana passada falei pelo telefone com uma técnica a fim de articular a sua vinda à minha entidade para nos prestar um serviço. Mais tarde comentei com a AD:

-Não sei porquê mas tenho um feeling de que a técnica com que falei ao telefone é amiguinha*.

Com pena minha não iria poder confirmar ao vivo a minha teoria porque a vinda dela coincidiria com a minha semana de formação.

Hoje recebo uma mensagem da AD a dizer que tinha encontrado a dita técnica no refeitório e que o gaydar dela tinha disparado.

Será que esta teoria do gaydar é apenas um mito ou funciona mesmo?

Está aberta a discussão, façam favor de opinar!


*termo utilizado por mim para designar lésbica

13 comentários:

rainbow disse...

Eu acho que o gaydar funciona em alta percentagem, por isso o meu também dispara algumas vezes.
Pena que nem sempre possamos confirmar porque ás vezes as "amiguinhas" são giras e cultas..rrsss

AD disse...

Não foi só a mim que o gaydar apitou...

;)

um quarto para duas disse...

Cá para mim o gaydar funciona mesmo, pelo menos o meu as vezes dispara! Beijinhos

Avidni disse...

O meu é meio avariado, mas acho q sim, funciona

Dreora disse...

Acho que tenho de atualizar o meu porque não funciona :(

Ana dos cabelos da cor que calha disse...

Mas que treta... a mim nunca me entregaram o meu!
Mas afinal onde é que essa porcaria se compra? Estou farta de não apitar ou não buzinar ou não fazer seja lá o que for que era suposto fazer!
Mas isso não devia vir instalado de origem? OU é preciso mandar novamente o modelo à fabrica para aplicar o extra?

a ana do 2º esquerdo disse...

yap. sem dúvida.

Pugo disse...

Se é gaydar ou outra coisa qualquer não faço ideia... creio que pode ser sim uma junção de factores e que nos levam muitas vezes a tirar ilações sobre uma certa pessoa...

Mas quanto ao que dizes de te teres apercebido disso por telefone, aí já não sei....
Creio sim que a AD tenha concordado contigo pq após não sei quantos anos juntas é normalissimo que as vossas opiniões, percepções e ilações (ou o que lhe quiserem chamar) já são semelhantes... Ou não será isso?

Primeiro têm de tirar a história a limpo e depois logo vêem se têm ou não razão...

:P

AD disse...

@Pugo - não fui a única a ter o gaydar a apitar.

Acredita que não fui nada influenciada pelo que a Dantins me disse... se tu a visses tinhas a mesma opinião... hoje então estava por demais evidente.

O confirmar é difícil pq,a menos que pergunte directamente, não tenho forma de saber é que ela está só de passagem.

g disse...

Giro, giro era ela tb ser blogueira e vir aqui esclarecer o pessoal;)

bj

BrokenAngel disse...

Eu defendo que o gaydar "is real"...

Nikkita disse...

O gaydar é uma realidade e o da minha namorada é infalivel (LOL). Na realidade já lhe aconteceu uma situação muito semelhante- falar com alguém ao telefone e dizer-me logo a seguir que de certeza que a menina era lésbica, ao que eu respondi "Impossível saberes isso!"- No dia seguinte encontramos a dita menina e o seu gaydar voltou a "apitar". Ela tinha acertado, era mesmo! =D

Pano pRa Mangas disse...

Que giro, eu chamo de "amiga" quando meu gaydar apita.. ora num primeiro contacto relativamente à aparência é mais fácil o gaydar dar de si. Há pessoas que não se percebe logo à primeira mas ao conhecer-se percebes que há ali qualquer coisa que te diz que também é amiga. Até hoje nunca falhei.. mas não digo nunca! (às vezes até descubro antes das próprias o saberem)