Esta casa foi-me oferecida, em tempos, pela minha namorada como prenda de Natal. Cresceu, sobreviveu e continua a resistir…
É apenas mais um blog que fala de coisas, coisas que, por vezes, estão ligadas ao dia-a-dia de duas mulheres que vivem juntas e acreditam que têm uma vida exactamente igual à da maioria dos casais, apenas com a diferença de lá por casa o tampo da sanita nunca ficar para cima :P


terça-feira, 8 de abril de 2008

"Você merece!"

Há dias em que parece mesmo segunda-feira, ainda por cima, se for de facto segunda-feira, as coisas agravam-se!
Ontem, foi um daqueles dias mesmo mau! Depois de um fim-de-semana fechada em casa com a namorada doente, há que regressar ao trabalho num dia deprimente pintado de cinzento. No trabalho as coisas não correm melhor, as conversas do costume (programação televisiva, tarefas domésticas, as dietas…), a velocidade da internet que não me deixa fazer o meu trabalho, blá, blá, blá…
Estou eu a pensar “nada mais me pode acontecer” quando reparo no canto inferior direito do ecrã, estou a receber um e-mail “Você merece!” de uma colega que insiste em enviar dezenas de e-mails diariamente e que me entopem a caixa de correio (puro lixo), sendo que eu nunca lhe retribuí um que fosse.
E penso:
“Eu mereço? Mas o que é isto? Alguma mensagem divina a punir-me.”
Resolvo abrir o e-mail, aparece-me a imagem de uma virgem com o texto da Ave-maria a pedir para não romper uma tal de novena.
"Mas porquê?"
Então, sobe por mim o mau humor acumulado pelo fim-de-semana, pela chuva, pelo trabalho, pelas conversas e… “já que tenho a fama de ser cruel, vou ter o proveito” e respondo:
“Boa tarde,
Quando forem coisas deste género agradeço que não me envie, respeito as crenças dos outros, mas agradeço que também respeitem a minha condição de ateia.”
Parece que resultou, já passaram várias horas e não voltei a receber nenhum e-mail dela.

10 comentários:

Fofinha disse...

Afinal não merecias...ês mesmo cruel!!!
As melhoras para a tua namorada!

Tem um bom dia de trabalho.

Bjs

Estrelaminha disse...

arranjou uma maneira bonita de se desenvencilhar desses email's indesejados. frontalidade e educação ficam sempre bem.
espero que a sua namorada já esteja bem. ;-)
tenha uma boa tarde!

Dantins disse...

Fofinha e Estrelaminha
Obrigada pela visita.
A mensagem parece que passou porque não voltei a receber e-mails deste género. Contudo, não deve ter ficado chateada, continua a enviar e-mails, se bem que de outro género.
Agradeço a preocupação com a minha namorada. Está em recuperação e com melhoras visíveis.
Fiquem bem.

Pandora disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Só mesmo tu para responder dessa maneira, eu não faria melhor!
E é por seres tão inteligente que gosto de falar contigo.

Beijo,
Filosofa.

Dantins disse...

Filosofa,
Sabes como é, quando calha a ser cruel...
Adoro tagarelar contigo.
Beijos

José Duarte disse...

Parabéns pela resposta. Como em tudo na vida, o respeito pelo "outro" deve prevalecer. Há pessoas que fazem do endereço de correio electrónico apenas mais um veículo de transmissão de desinformação e de brincadeiras sem graça. Ah, como eu tenho saudades das velhas cartas escritas manualmente, em que escreviamos, realmente, aquilo que queriamos escrever e não não nos satisfaziamos, apenas, a teclar "forward". Continua a ser a pessoa que tens sido até agora.

Dantins disse...

José Duarte
Obrigada pela visita, és sempre bem vindo.
Esta história das tecnologias tem vantagens, mas há coisas que se perdem, de facto.

antónio fogaça disse...

aaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!! como eu ODEEEEEEEEEEEIO esses mails! mas o q me chateia MESMO, é q há pessoas q acreditam nessa porcaria! tipo "escreve o teu nome no fim da lista, e se fores o 50 000, envia para a ericsson q recebes um telemóvel", ou "por cada mail q enviares, a empresa não sei das quantas dá 50 cêntimos à familia desgraçadinha q tem q operar a filha"!

ok...calma...zen...

Dantins disse...

António Fogaça,
Como fico feliz em encontrar alguém que partilha da mesma fobia que eu!

Nota: Para todos os possíveis interessados, a dita colega retomou o volume normal de mails diários (por enquanto não religiosos.