Esta casa foi-me oferecida, em tempos, pela minha namorada como prenda de Natal. Cresceu, sobreviveu e continua a resistir…
É apenas mais um blog que fala de coisas, coisas que, por vezes, estão ligadas ao dia-a-dia de duas mulheres que vivem juntas e acreditam que têm uma vida exactamente igual à da maioria dos casais, apenas com a diferença de lá por casa o tampo da sanita nunca ficar para cima :P


quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

As nossas dívidas

Uma boa forma de compreendermos a gravidade da situação económica de Portugal:


4 comentários:

Dantins disse...

Apesar de perceber a gravidade da nossa situação, esta notícia alarmou-me imenso! Não imaginava que a "nossa divida" fosse tão elevada.

patxi disse...

isto anda muito mal..e acho que muitas pessoas não realizam o quanto!! meu Deus!!

Smile disse...

Como dizia Salgueiro Maia na madrugada do dia 25 de Abril “Há diversas modalidades de Estado: os estados socialistas, os estados corporativos e o estado a que isto chegou!”
Como é possivel terem deixado chegar toda a situação a este estado. E para ser sincera, não prevejo melhoras, espero estar errada.

pinguim disse...

E a China tem ajudado...