Esta casa foi-me oferecida, em tempos, pela minha namorada como prenda de Natal. Cresceu, sobreviveu e continua a resistir…
É apenas mais um blog que fala de coisas, coisas que, por vezes, estão ligadas ao dia-a-dia de duas mulheres que vivem juntas e acreditam que têm uma vida exactamente igual à da maioria dos casais, apenas com a diferença de lá por casa o tampo da sanita nunca ficar para cima :P


domingo, 8 de abril de 2012

Insensibilidades


Há dias, a propósito da estreia da versão 3D do Titanic, ironizava com a AD se o Leonardo DiCaprio também morreria nesta versão e sabem o que ela me respondeu?!?!

- Mas ele morre no filme?

Como é que alguém esquece aquela cena final em que as suas mãos se largam e ele desaparece nas águas geladas???? Ainda me lembro que fomos ver o filme com um nosso amigo (daqueles que não gostam de cenas piegas) que passou a cena final a fungar :P

És uma insensível :P

8 comentários:

POC disse...

Ahahahahahhahahahahahah!! Acho que ele tem mais algumas dificuldades em descolar-se do 3D, mas deve ir na mesma... =P

Pugo disse...

Inesquecível mesmo...
É daquelas imagens que não esquecem.. ou seja, para algumas pessoas..

Mas a rapariga tem memoria selectiva pois não cabe lá tudo, certo??

:D

Dantins disse...

POC
A morte em 3D deve ser mais dolorosa, ataca de todos os lados.

Pugo
A memória selectiva dela tem a capacidade ocupada com os resultados e a constituição das equipas do Sporting desde 1906.

Dantins disse...

Pugo
Mostrei o comentário à AD e agora não pára de resmungar que sou uma má língua, o certo é que estamos no intervalo do jogo do Sporting, caso contrário nem se tinha apercebido do conteúdo :P

AD disse...

Humpfff...

AD disse...

E digo mais, a memória selectiva é importante para termos espaço para as coisas importantes... eheheheh...

disse...

Pronto, venho mostrar a minha solidariedade para com a AD, é que eu para além de não saber se ele morre, eu nunca vi o filme todo... :D

A Maria quer ir ver ao cinema, eu preferia ir ver o Lorax, mas vou ceder. Para também não ser tão insensível :D

A.G. disse...

Isso parece coisa à T.S. Na altura em que vê/sente/ouve as coisas, adora. Passado uma semana, lembra-se que adora qualquer coisa, mas já não sabe o quê. =p