Esta casa foi-me oferecida, em tempos, pela minha namorada como prenda de Natal. Cresceu, sobreviveu e continua a resistir…
É apenas mais um blog que fala de coisas, coisas que, por vezes, estão ligadas ao dia-a-dia de duas mulheres que vivem juntas e acreditam que têm uma vida exactamente igual à da maioria dos casais, apenas com a diferença de lá por casa o tampo da sanita nunca ficar para cima :P


terça-feira, 17 de março de 2009

Fobias

Passámos este fim-de-semana num bungalow de madeira no meio do campo. Sempre que chegamos a um sítio deste género a primeira coisa que a AD faz é empinar o seu nariz e inspeccionar os recantos todos da casa em busca de alguma aranha. Caso encontre, faz um alarido enorme para que eu a retire de lá.

Obviamente que encontrou algumas pequenas aranhas, para bem delas em sítios que não nos eram acessíveis. Cada vez que a AD ia à casa de banho regressava a dizer que estavam lá dois exemplares do tamanho de uma moeda de 2 cêntimos, mal ela sabia que eu tinha visto uma do tamanho de uma moeda de 50€ (eu sei que não existe, mas é o único valor que se adequa ao gigantesco tamanho), até eu fiquei muito impressionada. Para que o descanso continuasse a correr bem, resolvi manter o segredo até à hora do regresso.

Curiosamente esta é a única fobia que conheço na AD, mas é em grande! Fá-la fugir a sete pés :D

Eu não tenho fobias com animais ou insectos, mas devo confessar que há algo que também me faz perder a compostura. Tenho pânico de fogo de artifício! Quando assisto a um espectáculo de pirotecnia eu faço parte integrante do evento, tal é a figura que assumo, grito, esbracejo e tenho que me abrigar debaixo de qualquer coisa.

Vá… tirem esse risinho de gozo pela minha figura e confessem as vossas fobias.

15 comentários:

antónio fogaça disse...

qd fui d lua-de-mel, a minha mulher fez um escândalo, pq eu peguei numa lagartixa q estava na banheira e, em vez d a esborrachar (como ela queria) a deitei pela sanita abaixo.

orquídea disse...

Pois em verdade vos digo, que tudo o que rasteje me causa alguma impressão. Se associarmos a este modo de locomoção a capacidade de voo, como as b.a.r.a.t.a.s., a desgraça está instalada!
Aranhas não me incomodam por aí além, claro que dentro de medidas padronizadas...
Em resumo, gosto do campo mas também fico de antenas em pé sempre que entro numa casa ou cabana instalada no meio de verdejante vegetação :))

Beijos

lost disse...

A minha é a mesma da AD.... É uma fobia irracional... e tenho o mesmo modus operandis dela: verificar todos os recantos a confirmar se não há esse bicho e se por acaso há, entrar em panico e berrar para a alguem ir tirar o dito cujo de lá.

Pronto...só de estar a falar nisso, já estou a sentir alguma nervoseira...

Anónimo disse...

a minha é mesmo às pessoas falsas..
aos risinhos estridentes...
à falta de bondade..
de compaixão...
ao egoísmo....
ao egocentrismo..
ao ter....
à mesquinhez...
chega?

estrelaminha disse...

boa tarde!
felizmente, penso não ter fobias, receios sim, mas nada que me faça entrar em pânico.
uma boa semana para as meninas
beijocas

Caramela disse...

Confesso que me ri um bocadinho com a fobia do fogo de artificio e tentar imaginar a cena. Quanto a mim... Nem fogo de artificio, nem aranhas. Fobia e entrar em pânico só mesmo com traças. Elas aparecem e eu fujo a sete pés. É com cada figura...
Beijinhos e boa semana (sem fogo de artificio e aranhas) :P

Ég bani disse...

AD estou contigo.... :X

AlmaAzul disse...

Deve ser engraçado ver-te :-X
Eu sei que não tem piada nenhuma p’ra quem as tem, mas ver até que tem a sua piada.
Eu tenho 3 fobias. Uma que me causa bastante transtorno e ‘tou a tentar superar. É a de falar em público.
Tenho uma a animais: vacas! É ver-me correr e subir tudo o que me parecer.
E tenho fobia a mulheres grávidas, partos e tudo o que se relacione.

S-Kelly disse...

Fobias? Pois deixa cá ver... acho que não tenho assim, à primeira vista nenhuma, no entanto, confesso que as baratas (então se forem as voadoras) mexem com o meu sistema nervoso, especialmente quando alguém as mata, CREDOOOOO, só de pensar naquele "crunch", até já estou arrepiada.

Maria Papoila disse...

Não consigo encontrar nenhuma! É normal?

Pedrasnuas disse...

Eu já tive imensas fobias...nem vale a pena troçar da tua figura...
As minhas deixavam-me de tal forma ...que tornava-se forçoso alguém ir em meu socorro!!!

Bjs

g disse...

Tal como tu, também não me sinto muito confortável com o fogo de artificio, e é mais pelo barulho, e a A. adora, é um suplicio para mim quando ela quer ir ver em sitios delimitados como a Praça do Comércio.

Smile disse...

Bem… eu tenho uma bem grande mas tento sempre lutar contra ela. É a fobia da água do mar… até tenho pesadelos… tipo a água a perseguir-me como se fosse um tsunami… pfum!!
Mas não é por causa dessa minha fobia que não deixo de entrar na água apesar de não saber nadar, eu entro mas tem que ser sempre ao meu ritmo… porque se for pressionada entro mesmo em pânico… mas mesmo!!
Beijocas

kris disse...

Eu cá tenho fobia a baratas!!!que nojooooooooooo

POC!! disse...

Bem, fobia, fobia, acho que não tenho nenhuma...
... Se bem que as abelhas me provocam algumas reacções mais... tristes... Eheheheh!