Esta casa foi-me oferecida, em tempos, pela minha namorada como prenda de Natal. Cresceu, sobreviveu e continua a resistir…
É apenas mais um blog que fala de coisas, coisas que, por vezes, estão ligadas ao dia-a-dia de duas mulheres que vivem juntas e acreditam que têm uma vida exactamente igual à da maioria dos casais, apenas com a diferença de lá por casa o tampo da sanita nunca ficar para cima :P


terça-feira, 31 de março de 2009

Cuidado com os vizinhos!

Acho que nunca vos falei dos meus vizinhos de baixo… Pois, no 2.º dto. vive uma avó com dois netos, um de 5 e outro de 11 anos, os pais vivem em parte incerta e aparecem esporadicamente. É indescritível o barulho e a falta de educação que reinam naquela casa! Apesar da tenra idade das crianças, avó e netos ofendem-se mutuamente e vivem numa permanente gritaria, quando recebemos visitas damos sempre um alerta pela vizinhança.

O curioso é que, quando encontramos os netos são do mais educado que possam imaginar: cumprimentam-nos, seguram-nos a porta, agradecem e hoje o mais novo saltou-me para o colo, abraçou-me e espetou-me um enorme beijo. Mas porquê? Eu odeio-os!

Pena as tecnologias não permitirem que oiçam a rebelião que impera neste momento no 2.º dto.

14 comentários:

Inha disse...

Quando a porta se fecha..só os que lá estão dentro sabem o que se passa!
(será que a avó é surda??)lol

Nikkita disse...

Engraçado que isso soa-me muito familiar mesmo... É que as minhas vizinhas do lado têm um comportamento idêntico, portanto sei perfeitamente o que é. Quando passo por elas acho que "rosno" por dentro tal é a raiva. É das piores coisas, viver perto de pessoas que se comportam como selvagens...Uff..

Smile disse...

Mas que vizinhos… tão pequeninos e já com a lábia toda! Imagino quando eles forem mais crescidinhos!!
Bjs

Cucas disse...

isso cheira-me a vizinhança da Amadora...

Troca&Tintas disse...

Eu (Pugo), por sorte, sempre que aí vou fico com uma soneira tal que nunca ouvi nada disso...

É o que faz deitar tarde!!!
:D :D :D :D :D

maripoza disse...

lol.. bem, eu que moro no rés-do-chão e a área ocupa 2 dos apartamentos do 1º andar.. imagina... se estou na sala, oiço a "batucada" da pequenita de cima com os triciclos e brinquedos; fujo para o quarto, ainda é pior, oiço as crias da vizinha do outro apartamento a fazer gincana pela casa e a fazerem sempre vários exercícios de voz, aos gritos...

E ainda vem ela queixar-se que teve de mudar para outro quarto porque o meu Ramón (a caturra) não a deixava dormir... lolol...

Beijos

estrelaminha disse...

bom dia!
bem, tive sorte quando me desloquei a vossa casa, pois as únicas que estavam em amena cavaqueira eram as meninas da famelga. :D
beijocas

antónio fogaça disse...

isso só prova q os miúdos precisam de mto amor! destrói esse ódio q tens dentro d ti e, qd te cruzares novamente com eles, agarra-os, beija-os e sorri-lhes. ;)

AD disse...

Pugo, essa de vires cá a casa e ficares cheia de sono... quer dizer alguma coisa... eheheh... quer dizer muita borga!!!

Pode ser que na tua próxima visita tenhas oportunidade de comprovar a barulheira :P

Beijos ****
Até já!

Dantins disse...

Inha
Era bem bom que só quem estivesse lá dentro ouvisse a barulheira.
Essa da avó ser surda até faz sentido, eu consigo ouvir os telefonemas dela para a mãe às 7 da manhã dos Sábados e eu não oiço mais ninguém no prédio :S

Nikkita
Infelizmente há muitos vizinhos destes espalhados por aí, são de facto verdadeiros selvagens.

Smile
Nós passamos a vida a dizer isso, daqui a uns anos já os estou a imaginar a bater na avó.
Bjos

Cucas
E a menina tem vizinhos sossegados?
Eu sempre vivi na Amadora e nunca tinha privado com vizinhos deste género. Sorte a minha ter decidido mudar para uma casa maior :S

Pugo
A menina tem é o sono pesado, porque a sua cara metade já teve o privilégio de os ouvir :)

Maripoza
Eu passo a vida a dizer à AD que este não é só um problema nosso, que há por aí muitos vizinhos incómodos e pelos vistos os teus também o são.
Eu coloco a televisão bem alto, mas mesmo assim não consigo evitar o berreiro.

Estrelaminha
A Famelga reunida abafa qualquer ruído :)
Bjocas

António Fogaça
Ficas oficialmente convidado para ir passar um fim de tarde a minha casa e vais sentir o teu amor a transformar-se em raiva :S
Eu sempre quero ver se consegues sorrir por muito tempo.

a disse...

Uma autêntica operação de charme, tá visto, tão pequenos e já a sabem toda!

Pedrasnuas disse...

Os miúdos frequentam a escola,pode querer dizer alguma coisa ou não! É um ambiente´péssimo para as crianças...enfim...A Segurança Social ou Tribunal de Menores deviam tomar medidas porque os vizinhos nao têm de "aturar isso"...

Bjs

Cucas disse...

os meus vizinhos estão quase todos na ante câmara da morte... são doentes ou idosos, muito sossego por estas bandas.
Civismo, cordialidade... paz... mas já tive uns vizinhos muito dados aos ritmos africanos (djisas!!), mas não pagaram a renda e foram kizombar para outra freguesia.

Abracinhos da Falagueira ;)

Dantins disse...

a
Operação de Charme?! Eu diria antes operação de tortura!!!

Pedrasnuas
Claro que frequentam a escola, um deles até anda num colégio particular.
São uma daquelas famílias que parecem "muito bem", mas depois...

Cucas
Achei curioso referires a população idosa da Falagueira, eu vivi 19 anos por essas bandas e sei bem do que falas.
Depois passei-me para a Reboleira e agora para a Venteira.
Abracinhos da Venteira :)